O poder curativo dos eucaliptos

O eucalipto é um libertador da preocupação, da melancolia e da tristeza.

Tradicional óleo essencial, de ação descongestionante e expectorante acentuada, é usado para tratar gripes, resfriados, bronquites, tosse e peito congestionado, assim como é muito usado para combater malária, cólera e tifo.

Por suas propriedades bactericida, virótica e anti-séptica, é um óleo muito utilizado em ambientes onde há pessoas doentes, por ajudar a manter o espaço físico protegido e arejado contra os germes; tem grande poder desinfetante, principalmente em períodos de doenças contagiosas, para prevenir que a contaminação se espalhe.

Os aborígenes nativos da Austrália, fazem uso deste precioso curador da natureza, o  Eucalipto, para tratar e curar todo e qualquer tipo de ferimento de pele como: feridas infeccionadas, queimaduras e picadas de insetos, assim como para  tratar das febres, inclusive a malária; é conhecido como a “árvore da febre” (indicado para febre com calafrios)  e  também a “árvore das cascas”.

As propriedades analgésica e anti-espasmódica deste óleo o habilitam como remédio para tratar e aliviar as dores musculares.

Cirurgiões que praticam a medicina tradicional do Ocidente descobriram, neste óleo, um excelente produto de ação anti-séptica, para ser usado em processo cirúrgico  das cavidades, na prevenção de infecção e contaminação hospitalar por bactérias.

Cirurgiões dentistas também fazem uso das propriedades do Eucalipto, quando estão a tratar de cáries nos dentes, para ajudar a eliminar as bactérias e fortalecer a saúde bucal.

Na Índia, o Eucalipto é muito usado para conter e combater doenças contagiosas, assim como tratar a febre.

Por sua propriedade descongestionante, é indicado para aliviar condições respiratórias deficientes, limpar o muco, aliviar o peso da cabeça, especialmente  em períodos de gripes e resfriados.

De efeito refrescante no sistema nervoso, é uma escolha muito apropriada  para tratar do cansaço mental,  falta de concentração, dores de cabeça causadas por tensão mental, neuralgia  e debilidade em geral.

Exerce propriedades diurética e anti-séptica no sistema geniturinário; age no processo de cura em casos de infecção urinaria e cistite; ajuda a aliviar o inchaço, em casos de retenção de líquidos.

Repelente da natureza, age contra o ataque de mosquitos, pernilongos, borrachudos e pulgas.

Como rubefaciente, atua muito bem para aliviar os sintomas de reumatismo, artrite e circulação fraca.

De acordo com a tradicional medicina chinesa, o Eucalipto é excepcional para limpar fleuma e calor dos pulmões. Isto o faz uma boa indicação para combate a ataques de gripes, resfriados, garganta inflamada, sinusite e bronquite crônica.

É classificado como tônico da energia Qi dos pulmões − energia vital − melhora as funções respiratórias e promove a boa absorção do oxigênio pelos glóbulos vermelhos.

O Eucalipto dissipa sentimentos negativos, associados com situações do passado que não deram certo, oferece “espaço interno” para respirarmos e nos libertarmos de velhos medos.  

Indicado para pessoas que se sentem cercadas ou oprimidas pelas circunstâncias da vida, em casa, no trabalho ou na sociedade em que vivem e anseiam por liberdade, novas experiências de vida, mas não ousam agir, por excesso de precaução, hábitos repetitivos, medo ou excessiva responsabilidade, evitando a criação de situações que proporcionem liberdade, para buscar novas experiências. Estimula o ânimo e a coragem para agir positivamente. 

Vera Lúcia Guedes ONeill – aromaterapeuta.

Anúncios

Um pensamento sobre “O poder curativo dos eucaliptos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s